VITÓRIA – CORINTHIANS 1-1
CAMPEONATO BRASILEIRO 2004 – 16ª RODADA
DATA: sábado, 17/07/2004
LOCAL: Estádio Manuel Barradas, Salvador, Bahia – Brasil
PÚBLICO: 3.866 pagantes
RENDA BRUTA: R$ 59.570,00
RENDA LÍQUIDA: R$ 21.547,75
DESPESAS: R$ 38.022,25
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes.
ASSISTENTES: Roberto Braatz e Aparecido Donizetti Santana.
GOLS: 13’ Nenê, 53’ Rosinei.
CARTÃO AMARELO: Fabinho; Edson, Fábio Costa, Gil, Rogério e Rosinei.
CARTÃO VERMELHO: 50’ Cametá, 88’ Fábio Costa, 89’ Alex Silva.
VITÓRIA: Juninho; Arivélton, Alex Silva, Nenê (24’ Cametá), Fabinho; Vinícius, Vampeta (62’ Carlinhos), Cléber, Magnum; Edílson e Obina (73’ Gilmar). Técnico: Oswaldo de Oliveira.
CORINTHIANS: Fábio Costa; Wendel, Váldson, Betão; Edson (84’ Coelho), Rogério, Fabinho, Rosinei, Zé Carlos (65’ Renato); Gil e Jô (69’ Marcelo Ramos). Técnico: Tite.
[Nesta partida, o Corinthians reencontrou o técnico Oswaldo de Oliveira e os jogadores Edílson, Nenê e Vampeta, que marcaram a história do clube entre 1999 e 2000 com a conquista do Campeonato Paulista-1999, do Campeonato Brasileiro-1999 e do Mundial de Clubes-2000. Já Tite não contou com o meio-campista Fábio Baiano, ex-jogador do Bahia, vetado pelo departamento médico, e por isso improvisou Edson na ala direita e Rosinei na armação do time. Nos minutos finais, o goleiro Fábio Costa chocou-se com o Edílson fora da área e o árbitro Heber Roberto Lopes assinalou falta. O goleiro contestou a marcação e foi expulso por reclamação. Como Tite já havia feito todas as alterações permitidas, o atacante Marcelo Ramos foi para o gol. Mas o jogador nem sequer foi testado, já que o árbitro encerrou a partida no minuto seguinte.]
baby 39 weeks old

 
 
voltar
© acervoSCCP