BOTAFOGO – CORINTHIANS 3-3
TORNEIO RIO-SÃO PAULO 2001 – GRUPO A – 1ª RODADA
DATA: quarta-feira, 17/01/2001
LOCAL: Estádio Caio Martins, Niterói, Rio de Janeiro – Brasil
PÚBLICO: não disponível
RENDA BRUTA: não disponível
RENDA LIQUIDA: não disponível
DESPESAS: não disponíveis
ÁRBITRO: Romildo Correia.
ASSISTENTES: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Antônio Carlos Pimenta dos Reis.
GOLS: 14’ Rodrigo (p), 23’ Luizão, 42’ 45’ Ricardinho, 60’ Zé Carlos, 89’ Misso.
CARTÃO AMARELO: Gustavo, Júnior e Robson; Luís Mário, Márcio Costa, Marcos Senna, Otacílio e Rodrigo Pontes.
CARTÃO VERMELHO: 80’ Júnior.
BOTAFOGO: Wagner; Gustavo, Júnior, Denis, Misso; Marcelinho Paulista (45’ Cléber), Reidner, Souza, Rodrigo; Zé Carlos (79’ Felipe) e Taílson (67’ Róbson). Técnico: Sebastião Lazaroni.
CORINTHIANS: Renato; Índio, Scheidt, Fábio Luciano, André Luiz; Márcio Costa (75’ Marcos Senna), Rodrigo Pontes, Rogério (70’ Otacílio), Ricardinho; Fernando Baiano (83’ Luís Mário) e Luizão. Técnico: Darío Pereyra.
[O Corinthians iniciou o século XXI com um incomodo jejum de 13 partidas sem vitórias. Desde 24 de setembro de 2000, quando venceu a Ponte Preta por 1-0, no Pacaembu, pela Copa João Havelange, foram dois empates e 12 derrotas, com 18 gols marcados e 35 sofridos. Em campo, o time esteve perto de quebrar esse tabu, mas um gol no penúltimo minuto assegurou o empate ao Botafogo e aumentou ainda mais o drama corinthiano. O meio-campista Marcelinho Carioca desfalcou o time por causa de uma contusão no tornozelo direito. Já o atacante Fernando Baiano chocou-se com o goleiro Wagner no final do jogo e se contundiu. O jogador foi substituído e desfalcou o time por seis meses. A partida marcou a estreia do volante Otacílio e do técnico Darío Pereyra pelo Corinthians.]
levitra ersatz

 
         
voltar
© acervoSCCP