CORINTHIANS – BRASILIENSE 1-0
AMISTOSO 2002
DATA: sábado, 03/08/2002
LOCAL: Estádio Alfredo Schürig, São Paulo, São Paulo – Brasil
PÚBLICO: 2.000 pessoas
RENDA BRUTA: não disponível
RENDA LÍQUIDA: não disponível
DESPESAS: não disponíveis
ÁRBITRO: Edilson Coronado.
ASSISTENTES: não divulgado.
GOLS: 89’ Fabinho.
CARTÃO AMARELO: Caio e Pituca.
CORINTHIANS: Rubinho; Rogério, Scheidt, Fábio Luciano, Kléber; Vampeta (74’ Fabinho), Fabrício, Luciano Ratinho, Renato; Gilmar Parrudo (64’ Moreno) e Gil. Técnico: Carlos Alberto Parreira.
BRASILIENSE: Donizete; Jorginho, Gilson, Bem Hur, Vágner (78’ Kel); Pintado (74’ Felipe), Carioca, Pituca (72’ Carlinhos), Caio (72’ Ricardinho); Rodrigo Aires (45’ Edmilson) e Wellington Dias. Técnico: Sérgio Alexandre.
[Nesta partida, o Corinthians voltou a atuar no Estádio Alfredo Schürig depois de dois anos. Desde 2 de maio de 1999, quando perdeu para o Mogi Mirim por 4-1, pelo Campeonato Paulista-1999, clube não jogou mais na Fazendinha, utilizando o local apenas para treinar. Na história, esta foi a partida de número 469. No total, foram 347 vitórias, 60 empates, 62 empates, 1.322 gols marcados e 480 sofridos. Alguns dias antes desta partida a diretoria do clube anunciou um acordo para ampliar e modernizar o estádio para 30 mil pessoas. O investimento seria em consórcio com a FPF, que inicialmente investiria cerca de R$ 10 milhões e depois teria retorno com a comercialização de camarotes e placas publicitárias. Porém o anúncio do projeto não agradou alguns filiados da FPF e acabou não acontecendo. “Não há nada de estranho nesse acordo. A FPF tem um fundo para reforma de estádios. Será um investimento em infra-estrutura do esporte, que está abandonada pelo governo. Em todos os países os estádios são construídos pelo governo. Infelizmente houve precipitação na divulgação da informação”, revelou Antônio Roque Citadini, vice-presidente de futebol. Em campo, o Corinthians enfrentou pela terceira vez na história o Brasiliense e venceu com gol de Fabinho.]
купить хвост русалки

 
         
voltar
© acervoSCCP