Rubens Minelli (1986)

Rubens Minelli foi ponta-esquerda do Ypiranga e do Nacional-SP na década de 1940 e 1950. Contudo, poucos associam sua vitoriosa carreira no futebol com o período em que foi jogador, afinal foi como técnico que Minelli ficou famoso nacionalmente. Em seu currículo constam mais de 15 títulos por diversos clubes. Treinou quase todos os grandes clubes do país e se sagrou campeão por quase todos. halloweeng.com

No Estado de São Paulo, Minelli dirigiu equipes do interior e os grandes da capital, incluindo a Portuguesa e o Santos. No Rio Grande do Sul também viveu um grande momento. Foi bicampeão brasileiro (1975 e 1976) e tricampeão estadual (1974, 1975 e 1976) pelo Internacional. Só faltou mesmo dirigir a seleção brasileira. No Corinthians, Minelli foi contratado pelo presidente Roberto Pasqua, em 1986. Assumiu o time no início da temporada e ganhou o Torneio Internacional de Santos e a Copa dos Campeões, torneios preparatórios. A expectativa era boa e todos estavam ansiosos pela estreia no Campeonato Paulista.

No Estadual, no entanto, o time deixou a desejar no primeiro turno. Ficou numa modesta quinta colocação, atrás de Santos, Portuguesa, Palmeiras e Juventus. No segundo turno teve uma brilhante reação e venceu 10 dos 19 jogos. Dessa forma conseguiu se classificar para as semifinais. Na disputa com o Palmeiras venceu o primeiro jogo por 1-0, mas perdeu o segundo por 3-0 e ficou de fora da decisão contra a Internacional de Limeira. A derrota para o arquirrival deu início a uma crise no clube e por causa disso Rubens Minelli foi demitido.

Em 38 jogos pelo Timão, Rubens Minelli conseguiu 21 vitórias, sete empates e 10 derrotas, 52 gols marcados e 33 sofridos. Aproveitamento de 64% dos pontos disputados. Uma curiosidade sobre Minelli é que ele era o nome preferido do presidente Vicente Matheus em 1980 e por pouco não assinou com o clube. O problema foi a multa contratual do treinador com Al Hilal, da Arábia Saudita.

     
                     
      DADOS
     

Nome: Rubens Francisco Minelli
Nascimento: 19/12/1928, São Paulo (SP)
Principais clubes: América-SP (1963-1965), Botafogo-SP (1966), Sport (1967), Francana (1968), Guarani (1969), Palmeiras (1969-1971; 1982-1983; 1987-1988), Portuguesa (1971-1973), Rio Preto (1973), Internacional (1974-1976), São Paulo (1977-1979), Al Hilal (1979-1980), Atlético-MG (1984), Grêmio (1985; 1988-1989), Corinthians (1986), Paraná (1990; 1994-1997), Rio Branco (1991), Santos (1992), XV de Piracicaba (1993), Ferroviária (1994), Coritiba (1998), Ponte Preta (1999)
Títulos: Paraná: Campeonato Paranaense (1994 e 1997); Corinthians: Copa dos Campeões (1986) e Torneio Internacional de Santos (1986); Grêmio: Campeonato Gaúcho (1985); Al Hilal: Copa do Golfo (1979); São Paulo: Campeonato Brasileiro (1977); Internacional: Campeonato Brasileiro (1975 e 1976) e Campeonato Gaúcho (1974, 1975 e 1976); Palmeiras: Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1969) e Torneio Ramón de Carranza (1969); América-SP: Campeonato Paulista Série A2 (1963)
Estreia: Corinthians 3x0 Grasshoper (17/01/1986)

                     
      PELO CORINTHIANS
J
V E D GP GC %
1986*
Campeonato Paulista
Copa dos Campeões
Torneio Internacional de Santos

35
1
2


18
1
2

7
0
0


10
0
0

46
1
5

33
0
0

61
100
100
TOTAL
38
21
7
10
52
33
64
*computado 2 pontos por vitória para efeito de estatística
   
voltar
© acervoSCCP