Mário Sérgio (1993 e 1995)

Depois que se aposentou como jogador, Mário Sérgio teve uma rápida experiência como treinador no Vitória, em 1987, mas optou por ser comentarista esportivo e não prosseguiu a carreira como treinador. Em 1993, contudo, o ex-jogador aceitou um convite do Corinthians para substituir o técnico Nelsinho Baptista e se saiu bem. Find Halloween Costume For Your Child Exoloween COSTUMES ONLINE!

Fez uma campanha surpreendente no Campeonato Brasileiro, alcançou uma série de 15 partidas sem derrotas - recorde do clube na competição - e liderou a primeira fase com folga. Na segunda fase, no entanto, perdeu para o Vitória (a única derrota na competição) e desperdiçou a chance de disputar a decisão com o Palmeiras.

Mesmo eliminado o saldo do técnico foi positivo, com 12 vitórias, sete empates e apenas uma derrota. Além disso, promoveu a estreia de Zé Elias e introduziu um estilo de jogo de marcação e toque de bola. A perspectiva era boa, mas no final do campeonato o técnico pediu demissão e voltou a ser comentarista.

Em 1995, Mário Sérgio novamente foi convidado para ser técnico do clube e aceitou, mas a segunda passagem foi curta e durou apenas dez jogos (um pela Copa do Brasil e nove pelo Paulistão). A campanha não era ruim, mas o treinador acabou deixando o clube por vontade própria e foi substituído por Eduardo Amorim.

Essa, contudo, não foi a última passagem de Mário Sérgio pelo Timão. Em 1997, ele foi contratado para ser representante do Banco Excel, patrocinador do clube. Mário Sérgio ficou até o fim da parceira. Depois decidiu seguir a carreira como técnico e passou por São Paulo, Portuguesa, Botafogo, Internacional, entre outros.

No Corinthians, Mário Sérgio comandou o time em 31 jogos e obteve um saldo de 16 vitórias, 13 empates e duas derrotas, além de 57 gols marcados e 26 sofridos. Aproveitamento de 73% dos pontos disputados. Não conquistou nenhum título, mas ficou marcado pela campanha no Brasileiro-1993.

 
                 
  DADOS
 

Nome: Mário Sérgio Pontes de Paiva
Nascimento: 07/09/1950, Rio de Janeiro (RJ)
Principais clubes: Vitória (1987; 2001), Corinthians (1993; 1995), São Paulo (1998), Atlético-PR (2001; 2003-2004; 2008), São Caetano (2002-2003), Atlético-MG (2004), Figueirense (2007; 2008), Botafogo (2007), Portuguesa (2009), Internacional (2009) e Ceará (2010)
Principais títulos: nenhum
Estreia: Caldense 1x2 Corinthians (26/08/1993)
Reestreia: XV de Piracicaba 2x1 Corinthians (28/01/1995)

                 
  PELO CORINTHIANS
J
V E D GP GC %
  1993*
Amistoso
Campeonato Brasileiro

1
20

1
12

0
7

0
1

2
38

1
18

100

78
1995
Campeonato Paulista
Copa do Brasil


9
1

3
0

5
1

1
0

16
1

6
1

63
50
TOTAL
31
16
13
2
57
26
73
*computado 2 pontos por vitória para efeito de estatística
   
voltar
© acervoSCCP